Como evitar o hábito de tocar o rosto na crise do coronavírus

Conteúdo em parceria com:

Conteúdo em parceria com:

Deixar de tocar o rosto é uma abordagem prática que pode te ajudar a se manter saudável durante a pandemia

A RaiaDrogasil e a Thrive Global formaram uma parceria para ajudá-lo a manter sua saúde e bem-estar durante a pandemia do coronavírus

Publicado originalmente por Jessica Hicks, Editora Associada de Multimídia da Thrive Global

 

Tocar o rosto é um hábito difícil de romper. Um pequeno estudo mostrou que  alguns de nós tocam o rosto até 23 vezes por hora e ficamos ainda mais propensos a fazê-lo quando estamos estressados.

O pior de tudo é que, provavelmente, a maioria de nós não tem consciência de estar tocando o rosto – e isso pode tornar muito mais difícil mudar o nosso jeito de ser. Dito isto, manter nossas mãos longe dos olhos, nariz e boca é uma das estratégias mais simples que podemos usar para nos protegermos do coronavírus.

Veja também:

Em primeiro lugar, os especialistas recomendam a lavagem frequente das mãos. Desta forma, elas estarão limpas no caso de você tocar seu rosto. Se estiver propenso a tocar ou mexer no seu rosto quando se sente estressado, busque estratégias que mantenham o estresse sob controle.

Por exemplo, você pode experimentar uma meditação rápida, para manter-se no presente e evitar ficar remoendo as coisas na sua mente. Aqui estão outros Micropassos que você pode adicionar à sua rotina, neste momento, que tornarão seu hábito de tocar o rosto uma coisa do passado.

Peça aos seus colegas, ou aos integrantes da sua família, que digam ?EURoemãos!?EUR? se notarem que você está tocando seu rosto

Ter outras pessoas que mantenham você responsável pode ajudar a te conscientizar dos gatilhos que fazem com que você toque o rosto sem motivo – com um pouco de humor inserido na interação também. Você pode se oferecer a fazer o mesmo por seus colegas de trabalho e pessoas mais próximas, assim vocês trabalham juntos para acabar com o hábito de tocar o rosto.

Quando estiver tentado a tocar seu rosto, visualize uma pessoa em sua vida que tenha maior risco de contrair o coronavírus

As pesquisas mostram que essa simples técnica de visualização pode ser um lembrete poderoso para contribuirmos com a proteção da saúde e bem-estar dessas pessoas que amamos.

Encontre outro foco para suas mãos quando sentir vontade de tocar seu rosto

Seja pegando um copo de água, uma bola para aliviar o estresse ou até mesmo agulhas de tricô que você guardou em uma gaveta, manter as mãos ocupadas ajudará a manter os agentes contaminadores longe do seu rosto. Com o tempo, você se sentirá cada vez menos inclinado a tocar seu rosto e poderá até adquirir um hábito mais saudável e produtivo no processo.

Veja também: