Como romper o isolamento social de forma segura

A recomendação para evitar a Covid-19 é clara: manter o isolamento social e evitar ao máximo encontrar outras pessoas, especialmente as que fazem parte do grupo de risco. Mas sabemos que existem situações em que é preciso sair de casa. Nestes casos, o rompimento do isolamento social deve ser feito de forma segura para todos.

Durante a pandemia, todo mundo já enfrentou alguma situação em que foi preciso se expor ao risco. Seja por uma emergência de saúde ou familiar, por manutenção da casa e até mesmo pelo impacto emocional do isolamento social nas crianças e em pessoas mais velhas.

A pneumologia Leticia Kawano Dourado elencou em seu site uma série de dicas para promover uma visita segura entre familiares durante a pandemia da Covid-19. A primeira delas é não ter sintomas suspeitos da infecção pelo novo coronavírus.

Além disso, todos devem estar em isolamento social seguro por no mínimo sete dias (se todos os cuidados forem respeitados. Do contrário, o ideal é adotar o isolamento de 14 dias).

O encontro deve ser feito em ambiente aberto e ventilado, como um quintal ou uma varanda. Se for feito em ambiente interno, as janelas precisam estar bem abertas — o local precisa ser grande o suficiente para que as pessoas possam ficar em uma distância segura umas das outras (o recomendável são pelo menos 2 metros).

Veja também: 

Todas as pessoas devem usar máscaras caseiras o tempo todo. “Comer e lanchar juntos N?fO é uma boa ideia: o risco de contaminação aumenta significativamente”, explica a pneumologista e pesquisadora do Hospital do Coração, em São Paulo. É preciso se policiar para não levar as mãos ao rosto, evitando o contato com os olhos, nariz e boca. E tenha sempre álcool gel 70% por perto, caso seja necessário.

“Caso queiram contato físico, daí vem a criatividade de alguns: um tecido grosso impermeável ou plástico pode permitir um abraço”, indica Leticia Kawano. No caso de crianças que não compreendem regras de higiene e de distanciamento físico ou uso de máscaras, o ideal é que elas não participem da reunião.

Nos EUA, filha usa fantasia de hipopótamo para abraçar a mãe que vivem em um asilo. Foto: Twitter/ Ana Bolerjack @OnaaaB

Para que este tipo de visita ou reunião seja segura, o ideal é que o trajeto até o local não seja feito de transporte público, se possível. Se utilizar ônibus ou metrô/trem, use roupa que cubra os braços e até mesmo óculos, se puder. Chegando ao local, lave bem as áreas do corpo que ficaram expostas com água e sabão por 20 segundos, para que a camada de gordura do coronavírus seja destruída.

Após o encontro, a pneumologista alerta para que integrantes dos grupos de risco tomem banho imediantamente, lavando até mesmo os cabelos. As roupas devem ser colocadas para lavar. Se a reunião ocorreu em ambiente fechado, ele deve ser higienizado com álcool 70%, sabão ou água sanitária diluída em água.

Veja também: