Conheça as principais causas da baixa imunidade

Conteúdo em parceria com:

Conteúdo em parceria com:

A baixa imunidade tem inúmeras causas, desde doenças, medicamentos imunossupressores e até mesmo a má alimentação e um sono pouco reparador. E um dos mitos mais perigosos envolvendo questões de saúde é a ideia de “alta imunidade” ou de “aumentar a imunidade”: isso não existe.

Podemos considerar que existe a imunidade normal, ou seja, quando o seu sistema imunológico está atuando de forma eficiente na defesa do organismo, ou a baixa imunidade, quando este sistema está comprometido por alguma razão. Isso quer dizer que qualquer tratamento ou alimento milagroso que promete aumentar a imunidade é mentiroso.

Você pode adotar hábitos que ajudam a manter a sua imunidade, como o consumo de alguns alimentos que reforçam o funcionamento das células de defesa (veja alguns deles), praticar exercícios físicos, dormir bem e reduzir o estresse. É essa combinação de quatro fatores que garante a sua imunidade.

Mas o que é o sistema imunológico? Ele é o sistema de defesa do organismo contra infecções e doenças, causadas por agentes invasores como vírus e bactérias. Ele atua como uma barreira de proteção composta por milhões de diferentes tipos de células, como os famosos glóbulos brancos.

As substâncias contidas em alguns tipos de alimentos fornecem nutrientes e vitaminas que funcionam como combustível para estas células — daí vem a ideia de reforçar o funcionamento do sistema imunológico, e não de aumentá-lo.

Veja também: 

Segundo a rede de centros médicos Dr. Consulta, variações hormonais também afetam as células de defesa, principalmente no caso das mulheres. Durante a segunda fase do ciclo menstrual, os níveis de progesterona aumentam, inibindo o funcionamento adequado do sistema imunológico.

Algumas doenças suprimem as células de imunidade. As doenças autoimunes, por exemplo, causam o mau funcionamento do sistema imunológico, levando as células a atacarem o próprio corpo. No caso do HIV, o vírus contamina um dos tipos de células de defesa, fazendo com que o sistema perca aos poucos sua capacidade de responder aos organismos invasores, e tornando a pessoa mais vulnerável aos vírus e bactérias.

Sinais da baixa imunidade

Existem alguns sintomas que podem ser observados em quem está com a imunidade baixa. Entre eles estão a queda de cabelo, a quebra das unhas, a perda de peso, as gripes que duram semanas, herpes e o cansaço excessivo.

Caso apresente sinais de baixa imunidade, é preciso buscar orientação médica. Esta avaliação pode ser feita em uma consulta presencial ou por meio de uma teleconsulta. Exames de sangue podem complementar o diagnóstico, e o tratamento conta com hidratação, alimentação saudável (com verduras, legumes e frutas), atividades físicas, o controle dos níveis de estresse e hábitos de higienização, como lavar sempre as mãos.

Veja também: