Corona blues: Entenda o que é e como driblar

Desde o início da pandemia do Covid-19 surgiram diversos termos para explicar os impactos da quarentena na saúde mental. Como o corona blues, que descreve o estado emocional e psicológico das pessoas nesse período.

Após mais de um ano de pandemia, muitos continuam em isolamento social. Pelo fato de estar confinado na própria residência, sentimentos de estresse, tédio e inquietação são corriqueiros. Afinal, não há mais um contato físico com os familiares e amigos.

Além disso, há um grande sentimento de perda. O medo de ficar sem o emprego, entes queridos e não saber o que está por vir contribuem para um impacto negativo na saúde mental.

De acordo com um estudo publicado na revista médica JAMA Network Open, 52% dos sobreviventes do coronavírus apresentaram sintomas de depressão. O estudo foi feito com 3.900 homens e mulheres que tiveram covid-19 entre maio de 2020 e janeiro de 2021.

Assim, o corona blues (tristeza causada pelo corona, em uma tradução livre) não é um classificado como um transtorno. No entanto, é preciso ver os sinais, pois ele contribui para o desenvolvimento de depressão e outras condições.

 

Leia também: A saúde mental não será a mesma com o fim da pandemia

 

Como driblar o corona blues

Respire

A longa expiração ajuda a estimular o sistema nervoso parassimpático, que rapidamente inicia uma resposta de relaxamento no corpo.

Faça exercícios físicos

A prática de exercícios físicos é essencial para o corpo e mente. Principalmente no momento em que estamos vivendo, é necessário não ficar parado. Dessa maneira, busque realizar caminhadas no parque todos os dias.

Contudo, se você não puder sair de casa, opte por baixar aplicativos de exercícios. Como o Workout , por exemplo.

Yoga, pilates, alongamento, HIIT, relaxamento e treinos funcionais são algumas das modalidades presentes na plataforma.

Visualize seu lugar feliz

A técnica da visualização se torna cada vez mais fácil conforme você pratica. Dessa maneira, quanto mais forte for sua visualização, mais eficaz ela é.

Você pode imaginar o oceano, um lugar que tenha vontade de visitar, brincando com o seu animal de estimação ou na companhia de alguém que você ama. Tente obter todos os detalhes possíveis em sua mente – os cheiros, os sons, o toque e as texturas. Relembrar essas memórias vivas fará com que seu corpo realmente esteja lá, o que o deixará relaxado.

Tenha pensamentos positivos

Apesar de ser algo difícil para a maioria das pessoas, ter pensamentos otimistas é fundamental. Isso porque ter pensamentos negativos aumentam o medo e a sensação de desesperança.

 

Publicado originalmente em Cuidaí

%d bloggers like this: