É possível viajar com segurança e evitar a Covid-19?

Para quem precisa viajar durante a pandemia da Covid-19, existem algumas regras que podem ajudar a prevenir o contágio pelo coronavírus e garantir uma viagem mais segura para todos. A regra é clara: se puder, fique em casa. Mas, se viajar, é crucial saber como não espalhar ainda mais a doença, além de evitar a própria contaminação. Lembre-se de que pessoas assintomáticas ou pré-sintomáticas também transmitem a Covid-19.

Para viajar de férias ou para passear durante a pandemia da Covid-19, os planos ainda devem ser adiados. A tendência, segundo especialistas do setor de turismo, é a de que os roteiros domésticos sejam a melhor opção no futuro e somente em um cenário em que a doença esteja sob controle.

Mas existem os casos que demandam deslocamentos para outras cidades e regiões, como situações urgentes. Lembre-se de que as pessoas que saem de uma área de alto risco de Covid-19 para outra de baixo risco aumentam os riscos de espalhar o coronavírus para locais onde mais pessoas possam se infectar.

Com o relaxamento da quarentena em algumas regiões, é importante garantir que o distanciamento social e as boas práticas de prevenção contra a Covid-19 sejam seguidas corretamente se precisar viajar. Esta é, até agora, a única forma de evitar o aumento no número de casos de coronavírus.

A primeira dica, e a mais importante, é buscar informações sobre a Covid-19 no local para o qual você precisa viajar. Como estão os casos na cidade? O número de casos e mortes por coronavírus têm aumentado ou é considerado estável? Você terá meios de adotar o distanciamento social na cidade, sem sair de casa?

Para o deslocamento, leve somente pessoas com as quais você têm convivido, que não apresentam sintomas e que você tenha a certeza de que elas praticam o distanciamento social de forma segura. O carro é a forma mais segura de deslocar-se.

Não é preciso usar a máscara de proteção dentro do carro durante a viagem. Mas tente manter os vidros abertos para circulação do ar. Se for necessário passar por pedágio, dê preferência para o pagamento por meio das cabines automáticas com tag, evitando o contato com o cobrador. Se o pagamento for feito em dinheiro, tente pagar com o valor certo, sem a necessidade de receber troco, e higienize as mãos com álcool 70% após tocar notas e moedas.

No caminho, se puder, evite usar banheiros públicos, especialmente os que não são higienizados com frequência. Mas, se precisar usar o banheiro ou abastecer com combustível, lembre-se de usar máscara de proteção e de higienizar as mãos. Nos banheiros públicos, tente ao máximo não encostar em portas, bancadas e outras superfícies que outras pessoas possam ter tocado.

Para refeições na estrada, o ideal é comer do lado de fora, em ambiente aberto e arejado, e não dentro do restaurante. O ideal é levar o lanche de casa.

Assim que chegar ao destino, é preciso tomar um banho e lavar os cabelos. As roupas usadas na viagem também devem ser lavadas. Não entre no local em que ficará hospedado com o calçado que usou no trajeto, e tente não encostar em nada no local até tomar o banho e trocar de roupa.

Se puder, adote uma quarentena de 14 dias antes de viajar. Lembre-se de que o período de incubação da Covid-19 é, em média, de cinco dias. Mas os sintomas podem aparecer depois deste prazo.

Onde é mais seguro se hospedar?

Se precisar reservar uma residência, dê preferência para a locação sem compartilhar o espaço com outras pessoas com as quais você não convive. Tente descobrir quando foi a última vez em que o local foi ocupado e quando (e como) foi feita a limpeza após a saída dos últimos hóspedes. Se a casa tiver sido ocupada por pessoas há menos de 72h da sua chegada, higienize as superfícies.

A mesma preocupação vale para a estada em hotéis. Cheque os protocolos de higienização antes da reserva. Seja em um quarto de hotel ou em uma casa de aluguel, leve o seu próprio álcool, desinfetante e sabão e use-os se sentir necessidade de manter os ambientes mais seguros. Não circule sem máscara de proteção nas áreas de uso comum, como elevadores e corredores. Veja se existe a possibilidade de serviço de quarto para refeições, sem a exposição no restaurante.