IgM e IgG em teste de Covid-19: entenda cada uma destas siglas

O teste rápido para Covid-19 detectam a presença de dois tipos de anticorpos, o IgM e o IgG. Este tipo de exame é o que está disponível em farmácias e drogarias, e ele identifica a defesa do corpo no combate ao vírus,  e não o coronavírus exatamente.

Os anticorpos são proteínas, imunoglobulinas que protegem as pessoas contra invasores como vírus, bactérias e toxinas. “Os anticorpos IgM e IgG têm ação conjunta na proteção imediata e a longo prazo contra infecções”, explica a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz)

O teste pode ser feito depois do 8º dia de sintomas. É utilizada uma amostra de sangue do dedo, e o resultado sai após cerca de dez minutos. Algumas lojas Droga Raia e Drogasil estão realizando com agendamento o teste rápido.

Se o teste de Covid-19 dá positivo para o anticorpo IgM, significa que a pessoa têm anticorpos detectáveis e está na fase ativa da doença, ou seja, seu corpo está enfrentando o vírus. Isso significa que existe o risco de que ela ainda possa contaminar outras com o novo coronavírus.

A orientação é para que quem tem o teste de Covid-19 positivo para IgM busque orientação médica (em casos leves, por meio de telemedicina, para não infectar outras pessoas). Deve-se adotar o isolamento de 14 dias, usar máscaras de proteção, evitar o compartilhamento de talheres e toalhas (veja outras medidas que devem ser seguidas para quem tem Covid-19).

Veja também: 

O teste de Covid-19 positivo para IgG mostra que a pessoa já teve contato com a doença — é como uma espécie de “memória imunológica”. “Para algumas doenças, esses anticorpos funcionam como uma proteção em caso de novo contato com o microrganismo”, explica a Fiocruz. As pesquisas sobre o coronavírus ainda não confirmam se quem teve a doença está imune.

Vale lembrar que o IgM e IgG podem dar negativo no teste para Covid-19 para quem não tem a quantidade de anticorpos suficiente para detecção. Nos casos em que a pessoa apresenta sintomas compatíveis com a Covid-19, é aconselhável refazer o teste em alguns dias.

O teste imunológico é diferente do RT-PCR, que detecta o vírus por meio da análise da secreção das mucosas do nariz e da garganta. Saiba mais sobre o PCR.Para tirar as suas dúvidas sobre qual é teste mais aconselhável para cada caso, clique no “Perguntas e Respostas” do Saúde em Dia.

Veja também: