Marcas nas unhas pode ser um sinal de covid-19

Desde o surgimento da pandemia, os cientistas já descobriram alguns sintomas característicos da Covid-19 — como a perda de olfato e paladar. Contudo, sempre aparecem novas informações a respeito da doença. Recentemente, por exemplo, pesquisas descobriram que marcas nas unhas também podem indicar se alguém foi infectado.

Essas marcas são conhecidas como linhas de Beau — também chamadas de unhas de covid —, e são caracterizadas por traços claros nas unhas. Geralmente, aparecem em pessoas que tiveram a infecção viral há pouco tempo.

Marcas nas unhas e Covid? A ciência explica

O fator foi observado por Tim Spector, cientista que lidera o maior estudo de sintomas de coronavírus do mundo. Ele e sua equipe fazem isso por meio do aplicativo ZOE COVID Symptom Study. O objetivo é rastrear os sintomas de mais de 4 milhões de usuários em todo o mundo.

Dessa maneira, o especialista disse que recebeu várias evidências de marcas nas unhas em pessoas com coronavírus que utilizaram o aplicativo.

Contudo, o cientista enfatiza que, na verdade, qualquer doença infecciosa pode fazer aparecer a linha. Isso porque a marca surge como resultado da interrupção no crescimento da unha.

Outro estudo, publicado no Canadian Medical Association Journal, mostrou que um homem de 45 anos apresentou marcas visíveis nas unhas das mãos e dos pés três meses e meio após ser diagnosticado com Covid-19.

Além disso, as marcas nas unhas podem aparecer meses depois de contrair o coronavírus. Elas costumam ser inofensivas e somem com o tempo, à medida que as unhas vão crescendo. Inclusive, podem acontecer em todos os dedos dedos das mãos e dos pés.

Tim explica que ainda não há a certeza de que as alterações nas unhas estão relacionadas ao coronavírus. Com outras infecções, quanto mais grave a doença, maior a probabilidade de você ter uma linha de Beau. “Não é específico para Covid, mas, claramente, muitas pessoas foram expostas em um momento semelhante”, disse ele, ao jornal.

%d bloggers like this: