Sintomas incomuns da Covid-19, como perda do olfato e paladar

Resumo do conteúdo

  • Pacientes relatam incapacidade de sentir gostos e cheiros
  • Diarreia, conjuntivite e lesões de pele também podem aparecer
  • Deve-se levar em conta a febre alta, a tosse e a falta de ar

Os principais sintomas do novo coronavírus são febre, a dor de garganta, tosse seca, coriza e dificuldade de respirar. Entretanto, por se tratar de uma doença nova, a ciência e a medicina ainda encontram outros sintomas da infecção que causa a Covid-19. Entre eles estão a perda do olfato e do paladar.

O Ministério da Saúde já apontava diarreia, cansaço, nariz entupido e dores de cabeça como alguns dos sintomas mais raros do coronavírus. Mas uma pesquisa apontou a perda súbita da capacidade de sentir cheiros como um sintoma apresentado por grande parte dos pacientes com a Covid-19 — alguns também apresentaram a perda da capacidade de sentir o gosto dos alimentos.

Veja também:

O estudo foi feito com pacientes brasileiros pela Academia Brasileira de Rinologia (ABR), feita em parceria com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), e indica que a perda da capacidade de sentir cheiros sem o congestionamento nasal pode ser um sinal de infecção pelo novo coronavírus.

A Associação Britânica de Otorrinolaringologia também apresentou estudos que sinalizam a perda de olfato e paladar entre os sintomas apresentados por quem está com a Covid-19. Estudos com resultados semelhantes sobre a perda de olfato e paladar também foram divulgados pela Sociedade Americana de Otorrinolaringolagia.

“Já existem boas evidências da Coreia do Sul, da China e da Itália de que um número significativo de pacientes com infecção comprovada por Covid-19 desenvolveu anosmia/hiposmia [ausência de olfato total ou parcial]. Na Alemanha, sabe-se que 2 em cada 3 casos confirmados apresentaram perda de olfato. Na Coreia do Sul, onde os testes de coronavírus têm sido mais difundidos, 30% dos pacientes com diagnóstico positivo tiveram a perda de olfato como o principal sintoma apresentado em casos leves”, diz o estudo dos pesquisadores britânicos, citando mais países em que dados semelhantes foram descobertos.

Pesquisadores italianos apontaram também a perda da capacidade de sentir cheiro e gosto como um dos primeiros sintomas apresentados em alguns pacientes — até mesmo em pessoas supostamente assintomáticas (sem febre, falta de ar e tosse seca), que podem estar contaminando outras pessoas.

Se você tiver dúvidas ou começar a apresentar sintomas, procure o seu médico — de preferência de forma remota. Você pode ainda fazer uma teleconsulta, sem a necessidade de sair de casa, evitando a sua exposição e sem sobrecarregar os sistemas de saúde.

Coronavírus causa conjuntivite?

A Academia Americana de Oftamologia apresentou pesquisas que indicariam que alguns dos pacientes com os quadros mais graves da Covid-19 também desenvolveram a conjuntivite, a inflamação de uma das membranas dos olhos. No caso do novo coronavírus, a inflamação dos olhos seria um dos sintomas considerados raros. Vale lembrar que os vírus mais conhecidos pela ciência, incluindo o que causa a gripe comum, também provocam a conjuntivite, ao entrar em contato com os olhos.

Lesões na pele também podem aparecer

Médicos que estão tratando pacientes contaminados pelo coronavírus no mundo todo têm constatado também, em alguns casos, a presença de coceira, vermelhidão e outras lesões na pele — algumas podem até serem confundidas com as erupções típicas do sarampo.

Algumas pessoas podem apresentar sintomas até nos pés. São os chamados “dedos dos pés de Covid” — as lesões deixam os dedos com a coloração vermelha e até mesmo roxa. Na dúvida, fale com seu médico.

 

Crédito: Ministério da Saúde

Veja também: