Tire dúvidas sobre o teste de Covid-19 na farmácia

A autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) prevê que a farmácia faça o teste rápido de Covid-19que detecta anticorpos que o corpo produz após entrar em contato com o vírus. O exame não é aconselhado para quem está com sintomas durante a período de coleta.

Algumas das lojas da Droga Raia e da Drogasil estão realizando com agendamento o teste rápido. Para tirar as dúvidas sobre quem deve fazer o teste de coronavírus na farmácia, o RD Saúde em Dia selecionou as principais questões sobre o exame:

O que é o teste rápido de Covid-19?

É o teste imunológico, que identifica a presença de anticorpos no sangue após a exposição ao vírus ?EUR” ou seja, ele detecta a defesa do corpo no combate ao vírus,  e não o coronavírus exatamente.

Este teste detecta os níveis de anticorpos IgM e IgG, sendo que o IgM funciona como um marcador para a fase mais aguda da Covid-19, enquanto o IgG funciona como um indicador de imunidade após a exposição ao vírus.

Como é feito o teste rápido de Covid-19?

Ele pode ser feito com uma gota de sangue tirada com um furo no dedo, ou pela coleta de sangue a partir de uma veia, como um exame tradicional. Nas farmácias, a coleta é como um exame de medição de glicose, com a picada no dedo. A amostra é colocada no dispositivo de teste.

Como fazer o teste rápido em uma farmácia Droga Raia ou Drogasil ?

Você deve fazer o agendamento no site e comparecer em hora e data marcada para a coleta de sangue, que será feita por um farmacêutico. Se tiver dúvidas antes de fazer o teste presencial, você pode tirar as suas dúvidas com o farmacêutico online.

Quem pode fazer o teste rápido?

Qualquer pessoa pode fazer a coleta, já que ele pode identificar casos de Covid-19 entre pessoas que não apresentaram sintomas. Porém, ele é recomendado para quem desenvolveu sintomas como febre alta, tosse, congestão nasal, cansaço excessivo, dores no corpo, dor de garganta e dificuldade para respirar.

Quando o teste rápido deve ser feito?

O ideal é fazer a coleta de sangue após cerca de 10 dias ou mais do início dos sintomas. Quanto maior o tempo de coleta depois do início dos sintomas, melhor é a acurácia do teste.

Por que é preciso respeitar a janela de coleta e não fazer o teste rápido enquanto há sintomas de Covid?

A resposta do corpo ao novo coronavírus é variável de pessoa para pessoa, e a produção destes anticorpos começa entre o 7º e o 10º dia dos sintomas. Por isso, dependendo do paciente e da sensibilidade do exame realizado, o teste rápido tem maior probabilidade de acerto a partir deste período.

O IgM começa a ser produzido entre cinco e sete dias da contaminação. Já o IgG demora um pouco mais para ser produzido pelo corpo humano. Quando é feito no momento certo, com a quantidade adequada de anticorpos produzidos pelo organismo, os testes imunológicos têm maior chance de acerto no diagnóstico positivo.

Veja também:

O que é o “falso negativo” do teste rápido?

Se o exame imunológico for feito antes da produção de anticorpos, ele pode dar um resultado negativo em um paciente que está contaminado e cujo sistema imunológico ainda não reagiu com a produção de anticorpos suficientes para a detecção.

Quem tem um resultado positivo para Covid-19 está imune?

Ainda não há estudos comprovando o grau de proteção conferido pelos anticorpos IgG contra o vírus. Também não se sabe por quanto tempo a imunidade duraria, se é permanente ou temporária.

O farmacêutico tem autorização para realizar o teste rápido?

Sim, ele é um profissional habilitado para fazer os testes de Covid-19 nas farmácias. A Anvisa exige que ele tenha um treinamento para a realização do exame.

Posso comprar o teste para fazer em casa?

Não, a autorização é para que o teste seja feito dentro da farmácia por um profissional treinado, seguindo as recomendações de segurança contra a Covid-19.

Preciso de um pedido médico para fazer o teste rápido de coronavírus na farmácia?

Não, você não precisa ter um pedido médico ou uma prescrição para fazer o teste na farmácia.

Quanto tempo é preciso esperar para ver o resultado?

O resultado positivo, negativo ou inconclusivo sai em cerca de 20 minutos.

Se o resultado for positivo, como devo proceder? 

Se o teste rápido der positivo, significa que você já foi exposto ao vírus. É preciso manter as medidas de higiene e isolamento social, já que ainda não há estudos que indiquem o grau de imunidade que o corpo adquire. O teste também não indica quando ocorreu o contágio.

O que significa se o teste de Covid-19 der positivo somente para o IgM?

Significa que a pessoa tem a Covid-19 e ainda está na fase aguda da doença e deve manter-se em isolamento por 14 dias. Se tiver sintomas mais graves, é aconselhável buscar atendimento médico de forma presencial. Para o monitoramento de casos com sintomas mais leves, você pode buscar orientação por meio da telemedicina ou entrar em contato com o SUS por meio do telefone 136.

A farmácia vai comunicar as autoridades responsáveis sobre o resultado do exame?

Sim, a comunicação para autoridades será feita por meio de canais oficiais, segundo determinação da Anvisa.

Existe algum teste que possa ser feito para detectar o vírus ativo, e não os anticorpos?

Sim, é o RT-PCR (reação em cadeia de polimerase em tempo real), chamado de ?EURoepadrão ouro?EUR?, já que é capaz de detectar de forma mais precisa a presença do vírus no paciente. Ele é feito em laboratórios, clínicas especializadas e em hospitais.

Qual é a diferença entre o teste rápido e o PCR?

Enquanto o teste rápido usa o sangue e detecta anticorpos, o RT-PCR identifica a presença do vírus ativo no organismo usando o código genético. A coleta é feita por meio de secreções das mucosas do fundo do nariz e da garganta. Em hospitais, é possível testar também a secreção do pulmão.

Como é feito o teste RT-PCR?

Nas vias aéreas superiores, a coleta é feita por meio de técnica que usa uma haste flexível longa chamada de swab. Clínicas e laboratórios privados também realizam o teste por meio de drive-thru, sem que seja preciso sair do carro, evitando a exposição da pessoa que pode estar infectada e evitando a contaminação da própria amostra coletada.

Quando o RT-PCR deve ser feito pelo paciente?

Em geral, a coleta deve ser feita entre o 5º e o 7º dia de sintomas. Depois deste período, a replicação viral é reduzida e, com a quantidade menor de vírus no organismo, o diagnóstico é mais difícil.

Quem deve fazer o teste RT-PCR?

Ele é indicado para pessoas com sintomas mais agudos ou para pessoas que passarão por procedimentos que demandam internação hospitalar, para avaliar se o paciente está infectado. Ele não é aconselhado para pessoas sem sintomas ou com sintomas leves.

Onde é possível fazer o teste RT-PCR?

Ele está disponível em hospitais, clínicas e laboratórios da rede privada — é necessário ter a solicitação do seu médico.

Veja também: