Treinar com gripe: Liberado ou melhor descansar?

Você está comprometido com suas atividades físicas, cumpre os treinos e não deixa os exercícios de fora da rotina um dia sequer. Mas, então, você acorda com sintomas que entregam que a gripe chegou. É, aí fica a pergunta: treinar com gripe ou não?

É verdade que praticar esportes reforçam a imunidade e previnem gripe e resfriado. Mas, se a doença já pegou você, nem sempre a melhor coisa é ir para a academia.

Assim, veja o que defendem os especialistas da Northern Illinois University, uma das principais instituições americanas de medicina esportiva.

Treinar com gripe ou ficar em casa e descansar?

A resposta se resume a quais são seus sintomas e como você realmente se sente. “Se os seus sintomas são nariz escorrendo, olhos lacrimejantes ou fungadas – e você não tem febre, é seguro para continuar com a rotina fitness, diz Brian Babka, médico especialista em medicina esportiva da universidade norte-americana.

Assim, o especialista indica observar o que é chamado de regra do pescoço. Se todos os sintomas ocorrem no seu pescoço ou acima dele (com exceção da febre), é permitido se exercitar.

No entanto, como você provavelmente não está se sentindo 100% de qualquer maneira, o profissional sugere pegar leve. Ou seja, se for treinar com gripe, prefira exercícios de baixo impacto, sem grande sobrecarga de peso ou muitas repetições. “Treinos intensos sobrecarregam o sistema imunológico. Por isso, exagerar atrapalha a cura”, aconselha.

E, claro, se os sintomas piorarem enquanto estiver fazendo o exercício, pare.

Leia também: Cuidados para evitar coronavírus protegem contra resfriados e gripes

Já se sentir sintomas como dores no corpo, ou se tiver febre, fique em repouso. Nesse cenário, treinar pode ser perigoso porque pode levar à desidratação e prolongar a doença. Espere que a febre desapareça por pelo menos 48 horas para retomar aos poucos as atividades.

Por fim, procure um médico caso os sintomas de gripe continuem, e consulte um especialista para que ele possa liberar ou não para a prática de exercícios com mais precisão.

Publicado originalmente em Cuidaí

%d bloggers like this: