Veja 10 alimentos que podem aumentar a sua energia

O cansaço e a falta de energia são queixas muito comuns, que acabam afetando as atividades diárias e tornando o dia menos produtivo. Os alimentos podem ser grandes aliados na manutenção dos níveis de energia: o segredo está na escolha do que comer, para aumentar os níveis de nutrientes que ajudarão a manter o foco e a concentração.

Selecionamos dez alimentos fáceis de comer no dia a dia, que podem ajudar a manter os níveis energéticos e podem ser parte de uma alimentação saudável. Veja também como a alimentação pode ajudar a manter a sua imunidade.

1 – Banana

A banana é uma excelente fonte de carboidratos complexos, potássio e vitamina B6, que podem ajudar a aumentar seus níveis de energia. Ela tem ainda vitamina A, C, cálcio, fósforo, zinco e sódio. Sem excesso, vale o consumo dela in natura, cozida, grelhada, com aveia ou até mesmo em tortas e bolos.

Além de dar energia, ela ainda ajuda o sistema nervoso e o aparelho digestivo. Uma dica para comprar bananas: as manchas marrons indicam que elas estão macias. Ficam mais escuras quando estão maduras demais. Mas ainda assim podem ser aproveitadas para o prepado em bolos e tortas, já que estão mais doces.

2 – Ovos

Além da dar maior sensação de saciedade, o consumo de ovos também é uma boa fonte de energias. Vale para café da manhã, almoço ou jantar. O ovo é uma proteína que contém a leucina, um aminoácido conhecido por estimular a produção de energia de várias maneiras.

A leucina ajuda as células na absorção da glicose do sangue, estimulando a produção de energia e aumentando a quebra de gordura, segundo apontam estudos. Ovos também são ricos em vitamina do complexo B.

3 – Maçãs

A maçã é uma boa fonte de carboidratos e fibras. Elas contém vitaminas do complexo B, fósforo e potássio. Por conta de sua quantidade de açúcares naturais e fibras, as maçãs podem fornecer uma liberação de energia lenta e sustentada.

As maçãs têm um alto teor de antioxidantes, que podem retardar a digestão dos carboidratos, que acabam liberando energia por um período de tempo maior, segundo pesquisas. Além de ajudar a repor os estoques de energia, é indicada contra a azia, para ajudar com os problemas do intestino, da pele e do sistema nervoso.

Outra vantagem: maçãs podem ser guardadas em sacos plásticos na geladeira por várias semanas.

4 – Aveia

A aveia é um cereal integral que pode fornecer energia de longa duração. Ele contém beta-glucanos, uma fibra solúvel que forma um gel espesso quando combinada com água. A presença desse gel no sistema digestivo retarda o esvaziamento do estômago e a absorção de glicose no sangue, segundo estudos.

Além disso, a aveia é rica em vitaminas e minerais que auxiliam no processo de produção de energia. Isso inclui vitaminas B, ferro e manganês .

5 – Abacate

O abacate é considerado um superalimento. É ótima fonte de gordura monoinsaturada, contribuindo para a manutenção dos níveis adequados de colesterol (bom) sanguíneo. Contém sódio, potássio, vitaminas A, do complexo B e C. É boa fonte de energia para o organismo. Auxilia na formação de ossos e dentes, e alivia o cansaço mental.

Essas gorduras saudáveis produzem níveis ideais de gordura no sangue e aumentam a absorção de nutrientes. Elas também podem ser armazenadas no corpo e usadoas como fontes de energia. Uma dica para consumo: o abacate maduro deve ser conservado na geladeira e dura de 4 a 7 dias. Depois de cortado, deve ser consumido rapidamente.

6 – Pipoca

A pipoca pode ser um excelente lanche energético de baixa caloria, desde que não seja preparada com excesso de óleo e manteiga. É rica em carboidratos e fibras, o que a torna uma boa opção para um lanche que aumenta a energia no decorrer do dia.

Para isso, é preciso preparar a pipoca em água ou pelo cozimento com ar quente, como é feito em algumas pipoqueiras elétricas

7- Laranjas

As laranjas são famosas pelo alto teor de vitamina C. Além de reforçar as defesas do organismo, a laranja contém cálcio, fósforo, sódio e potássio. Favorece a digestão e contribui na formação de ossos e dentes. O bagaço da laranja auxilia para o bom funcionamento intestinal.

Ela também tem compostos antioxidantes que podem proteger contra o estresse oxidativo, que pode promover sensação de fadiga, segundo pesquisas.

8 – Chocolate amargo

O chocolate amargo tem um teor de cacau maior do que o chocolate normal. Segundo pesquisas, os antioxidantes do cacau podem aumentar o fluxo sanguíneo por todo o corpo, auxiliando no fornecimento de oxigênio ao cérebro e aos músculos. Isso pode ajudar a reduzir a fadiga mental e até melhorar o humor.

O chocolate amargo é rico ainda em magnésio, cobre, ferro e manganês, potássio, zinco e selênio. Mas é preciso consumir o chocolate com grandes quantidades de cacau, com uma quantidade menor de açúcar.

10 – Água

Água é essencial para a vida, e a falta de água no organismo causa desidratação. Isso significa desacelerar as funções corporais, deixando você se sentindo lento e cansado, segundo estudos.

Como a água está envolvida em muitas funções celulares, incluindo a produção de energia, tomar água pode ajudar a combater a sensação de fadiga. O ideal é beber água mesmo se não sentir sede ao longo do dia.